WWW.ACLS.COM.BR

NOVAS DIRETRIZES DE PCR

DR. DOUGLAS FERRARI

 

RESUMO DAS NOVAS DIRETRIZES

Fim da ventilação com manutenção da compressão cardíaca externa ( 100 / min. )

Manter Fluxo Sanguíneo Cerebral.

Hospitais podem manter 30:2

Nunca interromper massagem por período superior a 10 segundos.

Desfibrilar e não cardioverter TV em PCR.

Carga do DEA: 120 a 200 J ( Não há consenso ).

Praticamente finalizado o uso das drogas por cânulas.

Ao aderir as pás do DEA, não interromper compressão, parar somente na leitura automática.

Fim do Choque Sequencial, ou seja, efetuar choque único a cada intervalo de 2 minutos.

Evitar interrupção da MRCP, mantendo a compressão torácica ( massagem cardíaca externa ), a sequência é  de 30 compressões para 2 ventilações 30:2.

Não efetuar choque sequencial, ou seja, fornecer choque único evitando-se interrupção da massagem.

Choques preferencialmente bifásicos mostraram-se mais efetivos.

A vasopressina mostrou-se similar a epinefrina na FV e AESP, porém melhor na assistolia.

A amiodarona é o antiarritmico de escolha na FV/TV refratária.

O uso do trombolítico permanece não indicado, estudos preliminares não mostraram aumento da sobrevida, exceto nas primeiras 24 horas.

Destaca o papel do processo educacional e programa de treinamento para população leiga e profissionais, incluindo o uso do  DEA.

Indicado e aprovado uso da compressão automática ( autopulse - Lucas II )

 

 

PARA PALESTRAS DO DR.FERRARI GRATUITAS EM UNIVERSIDADES E HOSPITAIS - FAZER CONTATO COM:

secretaria@sobrati.org

sobrati@uol.com.br

ibrati@uol.com.br

0800 775 0022

Médico Intensivista, Doutor em Terapia Intensiva, Comandante Médico dos Socorristas do Brasil

SITE RECOMENDADOS

www.sobrati.com.br

www.medicinaintensiva.com.br

www.douglasferrari.com.br

www.revistasobrati.com.br

www.intensivesociety.org